Por que contratar um arquiteto?

O arquiteto e urbanista é o profissional que transformará as suas necessidades e desejos em soluções técnicas, com um projeto personalizado que atende o programa e as suas necessidades. Eficiências em sustentabilidade, orçamento, economia, estética, funcionalidade, legislação e técnicas construtivas. O arquiteto é o profissional legalmente autorizado a fazer o projeto arquitetônico, a exigência central para que sua casa seja construída, e pode também realizar e/ou coordenar os projetos complementares necessários à sua construção. Contratar um arquiteto é um investimento com retorno imediato e também recompensa mensurável a longo prazo. Além de construir com garantia de segurança, uma obra feita sob a orientação de um arquiteto agrega valor ao imóvel. A construção feita pelo arquiteto é legal – item que facilita a aprovação do financiamento pelos bancos – melhorando assim a liquidez da construção.

COMO SABER SE SOMOS BONS PROFISSIONAIS?

  • Para qualquer serviço prestado firmaremos contrato constando, claro e minuciosamente, tudo que se relacione ao seu propósito de forma a não ocasionar nenhuma dúvida futura principalmente quanto aos serviços que serão prestados, aos prazos, ao valor e às condições de pagamento;
  • Nos envolvemos desde as primeiras etapas da construção. Por meio de assessoria orientamos nossos clientes na escolha do terreno, e ponderamos sobre suas especificidades: Viabilidade econômica, características topográficas, tipo de solo e sua devida fundação, questões ligadas a legislação municipal e federal;
  • Justificamos os valores cobrados a proporção de complexidade dos trabalhos acordados. Não fazemos leilão e somos transparentes com nossos honorários;
  • Fornecemos nosso curriculum e obras já realizadas no nosso site e página pública nas redes sociais. Temos interesse que o cliente conheça nossa trajetória;
  • Mantemos um canal de comunicação aberto com os nossos clientes. Nossa filosofia de trabalho coloca as suas ideias em primeiro plano. O intuito é incentivar a sua participação direta: do projeto a obra. O que importa são as suas demandas e não as nossas.
Facebook Comments